Banner

Assaf joga bem mas leva 3 a 1 da ACBF

Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 
Papito
 Joel Haas/ Gaz
Na segunda partida sob comando do técnico Vandré Costa, a Assaf conseguiu resistir a pressão da toda poderosa ACBF até o finzinho.
 O Tricolor santa-cruzense empatava com a Laranja Mecânica, em Carlos Barbosa, no Centro Municipal de Eventos Sérgio Luiz Guerra, na tarde deste sábado, 26, até os 15 minutos da segunda etapa. Aí, a sorte e a qualidade do time da casa sobressaíram, e com dois gols relâmapago, o time do técnico Paulinho Sananduva fechou o placar em 3 a 1.
A Assaf teve três desfalques para a partida: Teves e Zé Antônio, suspensos, e Duda, lesionado. Assim, coube ao goleiro Cristian brilhar. Ele esteve mais uma vez em dia iluminado e, principalmente na primeira etapa, suportou a um verdadeiro bombardeio do ataque laranja.
Tiaguinho, Daniel e Sinoê foram os destaques da equipe da casa. No fim da segunda etapa, Sinoê sentiu uma lesão no joelho e deixou a quadra aos prantos. A cena assustou quem estava perto. O atleta, que faz parte do grupo da Seleção Brasileira que tem pela frente a Copa do Mundo em novembro, deve fazer exame de imagem esta semana para saber se houve lesão ou não na perna.
NA TABELA
Com a derrota a Assaf segue na incômoda sétima colocação da Série Ouro, com 10 pontos em nove jogos. O Tricolor volta a jogar apenas no dia 9 de junho, um sábado, às 20 horas, contra o Sananduva, em Santa Cruz.
A ACBF, por sua vez, ultrapassa Assoeva e BGF na tabela, chega 20 pontos e assume a terceira colocação da Ouro. Na segunda, 28, o clube gaúcho volta a atuar pela Liga Nacional, realizando o seu quinto confronto consecutivo em casa ao longo dos últimos 10 dias. O time Laranja recebe a Intelli/Orlândia, Orlândia – SP, atual líder da competição, às 19h15, com transmissão ao vivo do Sportv.
O JOGO
1° TEMPO
Em quadra, a Assaf optou pelo jogo defensivo, mas mesmo assim saiu na frente. Após boa troca de passes, Willian marcou em Lavoisier, aos 4 minutos de jogo.
Um minuto depois, o empate. O fixo Marlon chutou de longa distância, após pressão da ACBF, e deixou tudo igual. No restante da primeira etapa o time da casa martelou, martelou mas não conseguiu vazar Cristian, que operou no mínimo 10 defesas difíceis.
2° TEMPO
Após o intervalo, o jogo seguiu na mesma toada: Assaf defendendo e ACBF atacando. O gol da virada saiu apenas aos 15 minutos, com Jonathan numa batida que desviou da defesa do Tricolor.
O técnico Vandré Costa colocou goleiro-linha e, com o time muito cansado por conta da correria imposta pela equipe Laranja, Thiaguinho decretou a vitória, aproveitando o rebote da própria conclusão, dentro da área.
VANDRÉ COSTA: "TEMOS QUE EVOLUIR MUITO"
Após a partida, o consenso nos vestiários era de que a equipe havia feito uma boa partida. A superioridade da ACBF foi prevalecer apenas no fim. Para o técnico Vandré Costa, o tempo escasso de treinos - apenas dois dias desde o empate em casa com a Assoeva - foi prejudicial. O novo comandante disse ter gostado da atuação, porém fez ressalvas principalmente quanto a postura mais defensiva na primeira etapa.
"Temos que evoluir muito. Não podemos jogar assim. Temos que propor o jogo, e não apenas esperar o adversário. O segundo gol eles tiveram sorte. Em muitas situações que eles tiveram oportunidade eles não fizeram. Valeu muito pela aplicação. Foi bom pra gente ver que com um elenco mais forte, mais completo, podemos tirar mais dessa equipe", disse o técnico.
Como tem 15 dias sem partidas oficiais, os treinamentos serão mais intensos na próxima semana. O grupo se reapresenta na segunda-feira, e Vandré já projeta melhoras no time. "Temos agora 10 treinamentos em 15 dias, e o planejamento é fazer essa equipe evoluir. Quero ajudar as características dos atletas. Preciso impôr as minhas ideias conforme as características dos atletas", finalizou.
CRISTIAN: "ESTAMOS CRESCENDO"
O melhor jogador em quadra disparado foi o goleiro Cristian. Ele teve mais uma vez bom aproveitamento em suas defesas, e os gols foram resultado da qualidade da ACBF, e não de falhas da Assaf. "Fizemos um jogo de igual para igual com uma equipe multicampeã. Estamos crescendo. Mas precisamos admitir: foi justo. A gente veio com essa proposta de marcar e sair no contra-ataque, então temos que melhorar mais. Não tivemos ainda nem dois dias em sequência para trabalhar. Mas nos comportamos bem nos últimos jogos", comentou.
FICHA TÉCNICA
ACBF x ASSAF
SÉRIE OURO
ACBF
Começaram: Lavoisier; Rodrigo, Daniel, Tiaguinho e Sinoê
Entraram: Thiago, Jonathan
Técnico: Paulinho Sananduva
ASSAF
Começaram: Cristian; Marquinhos, Willam, Xandy e Bipe
Entraram: Vinícius, Marcionei, Gabriel
Técnico: Vandré Costa
GOLS:
ACBF: Tiago (5min/1°T) Jonathan (16min/2°T) Thiaguinho (19min/2°T) 
ASSAF: Willian (4min/2°T) (16min/2°T) (16min/2°T)
AMARELO:
ASSAF: Vinicius
ARBITRAGEM
Flávio Alves da Silva e Edson Pilger

Comentários
Somente usuários registrados podem comentar!

3.26 Copyright (C) 2008 Compojoom.com / Copyright (C) 2007 Alain Georgette / Copyright (C) 2006 Frantisek Hliva. All rights reserved."

 
Gazeta FM 98.1
Banner
Bate-Papo do Papito
Visitantes
4204280
Seu IP:54.80.113.118
Usuários online
Nós temos 45 visitantes online
Login
Para ter acesso total ao site e postar comentários nas matérias, registre-se. É grátis e muito fácil.



Previsão do tempo
Esporte pelo mundo
Banner
Últimas Notícias
Banner